.
.
São Silvestre de 1997. O dia em que o Brasil venceu com Iser Bem, com direito ao "episódio da água" na cabeça de Paul Tergat.

Fortaleza, 25/07/2020 - Por coincidência, foi em 1997 que participei da minha primeira corrida de rua aqui em Fortaleza – Corrida da TELECEARÁ, mas precisei parar de correr no mesmo ano, por causa dos estudos e trabalho, só retornando definitivamente em 2004, com a criação do nosso site - Portal do Corredor.

Tanto tempo depois, e recapitulando algumas histórias nesta época de pandemia, publicamos nesta terça-feira (21), em nosso canal no YouTube – Portal do Corredor, um bate-papo à distância, com o treinador da equipe de atletismo do Cruzeiro de Belo Horizonte - Alexandre Minardi, que em breve irá completar 35 anos a frente da equipe Azul Celeste. Entre tantas histórias no atletismo, Minardi nos contou detalhes do curioso episódio da água que ele jogou na cabeça de alguns atletas na São Silvestre, com destaque para o lendário Paul Tergat.

.

 

 

 

Tudo aconteceu nos últimos metros da 73ª Corrida Internacional de São Silvestre em 1997, quando o paranaense Émerson Iserben, superou o queniano Paul Tergat, com uma arrancada fantástica "na temida” Av. Brigadeiro Luiz Antônio. Lamentamos, mas não termos os direitos autorais para exibir o vídeo desta chegada aqui, mas vocês irão encontrar este vídeo com facilidade no YouTube. Acima, uma foto com o momento exato deste episódio.

No vídeo, Minardi surge de repente no 13,6km do percurso - "distribuindo" água aos primeiros colocados, Paul Tergat liderava naquele momento. Nas imagens, percebemos que o queniano é surpreendido com a presença de alguém invadindo o asfalto, no entanto, Minardi relata com exclusividade em nosso vídeo,"que ainda no hotel, havia conversado e avisado a Paul Tergat que faria isso", mas talvez esta comunicação não tenha sido compreendida, pois Minardi não fala inglês, e tão pouco, dialetos africanos.

A história é engraçada e curiosa, mas segundo Minardi "Paul Tergat teria falado, posteriormente em entrevistas, que teria perdido a corrida por causa do “episódio da água”, pois isso teria tirado a sua concentração naquele momento decisivo da corrida. Será, que ele perdeu a prova por isso? Ou, será que Émerson Iser Bem estava no seu dia, e mereceu vencer com todos os méritos?

Pelo que sabemos, estava bem quente naquele dia em São Paulo, e em termos de comparação, verificamos que quando Paul Tergat passou a marca dos 13km na liderença, seu tempo estava praticamente, 3 minutos acima da mesma distância em 1995, (ano em que o queniano cravou o recorde da corrida, 43min 12seg). Recentemente, esta marca que foi superada em 2019, pelo Ungandês - Kibiwott Kandie, 42min 59seg.

Fato, é que Émerson Iser Bem e Vanderlei Cordeiro de Lima, fizeram uma corrida de marcação serrada perfeita - lado a lado, sempre estando entre os 6 primeiros colocados. No último Km, Iser Bem encarou a subida da Brigadeiro Luiz Antônio, com toda força e experiência acumulados em suas provas de cross croutry na América do Sul e Europa, e no final, conseguiu o que parecia impossível, abrir distância na primeira colocação, e superar um dos melhores corredores do mundo de todos os tempos naquela ocasião, Paul Tergat.

Vale lembrar, que Émerson estava no auge de sua forma física na década de 90, com excelentes resultados em provas de pista e rua. Vejam, abaixo algumas de suas marcas impressionantes:

 

 

 

Recordista brasileiro juvenil, 5.000 metros: 13min 59seg - 1992. (Recorde permanece até hoje, 2020).
Único brasileiro a vencer uma etapa do GP Internacional Cross Country, Amendoeiras / Portugal - 1996.
1.500 metros: 3min 48seg.
3.000 metros: 7min 57seg.
5.000 metros: 13min 35seg.
10.000 metros: 28min 32seg.
10 km: 27min 58seg.
15 km: 43min 45seg.
Meia-Maratona: 01h 01min 14seg.
Maratona: 02h 17min.

 

Além da São Silvestre em 1997, Émerson Iser Bem, ainda conquistou excelentes resultados em provas na Europa e Ásia, como: Campeão Cross Country Portugal 1996; Campeão Meia Maratona Buenos Aires 1996; Terceiro lugar na Maratona de Tóquio 1999.

 

 

Acompanhem as nossas publicações, site e redes sociais:


Circuito Beach Run Brasil. Vamos continuar treinando e aguardando o retorno - Covid-19. link...

17ª Meia Maratona de Fortaleza. Vamos continuar treinando e aguardando o retorno - Covid-19. link...

4ª Corrida e Caminhada Super Vilton, saibam como foi a prova. link...

1ª Corrida Club Society Cajueiro de Maranguape, saibam como foi a prova. link...

2ª Corrida Trevo - Meia Maratona, saibam como foi a prova. link...

Vídeo YouTube: Bate-Papo com Alexandre Luiz Minardi, treinador da equipe do Cruzeiro. link...

Vídeo YouTube: Vídeo com a participação saudosa da professora e atleta, Antônia Bernadete. link...

Vídeo YouTube: Entrevista com o medalhista olímpico, Vanderlei Cordeiro de Lima. link...

Vídeo YouTube: Bate-Papo com o Dr. Flávio Henrique / CENTISER. link...

Vídeo YouTube: Coletânea de 4 vídeos da nossa série, Treinando em Casa. link...

Ação solidária: Nossa visita ao Instituto Moreira de Sousa. link...

Ação solidária: Nossa visita à Associação Beija Flor. link...

Histórico pessoal de corridas. Você tem o seu blog ou curriculum esportivo? link...

Maratona Internacional da Cidade de Florianópolis. Saibam como foi a prova. link...

Blog Corre Mah, Jornal O POVO. Acompanhem as nossas publicações alternativas, link...

 

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

 

Portal do Corredor - O pioneiro web running do norte e nordeste brasileiro, 2004 / 2020.



Nosso site oficial: www.portaldocorredor.com.br

CASE / 16 anos: Eventos que já divulgamos. link...

Quem Somos? Conheçam um pouco da nossa história. link...

Blog Corre Mah: Jornal O POVO on-line, link...

Fanpage: Portal do Corredor, link...

Perfil Facebook: Félix Luis, link...

Corridas: Félix Luis, link...

Vídeos YouTube: Portal do Corredor, link...

Instagram: portal_corredor.

Mailing: aproximadamente 25 mil cadastros.

 

Empresas e serviços que apoiam e compartilham o nosso trabalho: